Alvaro pede investigação por abuso de autoridade contra Moro

06/02/2022



O senador Alvaro Dias (Podemos) apresentou representação para que a Procuradoria-Geral da República investigue o Subprocurador-Geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Rocha Furtado, de forma a apurar suposto crime de abuso de autoridade contra o ex-juiz e pré-candidato do Podemos à Presidência da República, Sergio Moro.

Alvaro alega que mesmo após Moro divulgar publicamente detalhes sobre seu contrato com a empresa Alvarez & Marsal, incluindo valores e tributos recolhidos no Brasil e nos Estados Unidos, Furtado desistiu de arquivar o processo contra o ex-juiz já determinado pelo TCU, e pediu a sua indisponibilidade de bens, acusando-o de sonegação.

Na representação, subscrita por outros seis senadores do Podemos – Oriovisto Guimarães, Flávio Arns, Lasier Martins, Jorge Kajuru, Styvenson Valentim e Eduardo Girão -, Alvaro Dias ressalta que a medida é “gravíssima” e que “afeta a honra e o próprio patrimônio moral e físico de pré-candidato à Presidência da República”.

Últimas Notícias