Aluguel de temporada em Santos, cuidado para não cair em ciladas

27/11/2020


Fique atento as questões que podem comprometer a tranquilidade das suas férias e das festas de fim de ano



O aluguel de temporada é uma boa opção neste período de festas de fim de ano para quem pretende curtir as férias com a família e aproveitar o verão. Seja na praia, no campo ou na cidade, esse tipo de locação que pode durar semanas ou alguns meses é muito procurado pelos preços mais em conta de algumas ofertas e pela facilidade de poder permanecer por mais tempo no mesmo imóvel. A procura na alta temporada aumenta consideravelmente principalmente porque muitos costumam estender a curtição e o relaxamento do fim de ano para aproveitar as férias. Mas é preciso ficar atento para que o sono não vire pesadelo e as expectativas não rolarem água abaixo. Muitos não conhecem este estilo de locação e, pela inexperiência, não estão ligados nos riscos e práticas inadequadas desenvolvidas por alguns proprietários. É preciso tomar alguns cuidados na hora de fechar negócio para que você possa recorrer dos seus direitos depois. Assim, preparamos algumas dicas e orientações sobre alguns pontos e questões para você levar em consideração para a contratação do aluguel em Santos para a temporada de verão.


Reputação

Não abra mão de uma boa empresa que esteja registrada no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) com endereço e telefone físicos, boa reputação no mercado e que tenha bons antecedentes. Buscar por indicações de amigos e conhecidos para um possível contato antes de adquirir o serviço é uma dica importante e não deixe de verificar a avaliação e os comentários de outros consumidores nas redes sociais e empresas especializadas como o Reclame Aqui. Se for locar direto com proprietário pessoa física, é necessário levantar referências com amigos ou outros clientes que se hospedaram no local bem como fazer consultas de possíveis anotações judiciais no site do tribunal do Estado, no qual se localizar o imóvel. Pode parecer trabalhoso, mas antes gastar um tempo com isso a se arrepender da péssima escolha depois.


Imagens

Cuidado com as fotos e imagens disponíveis dos imóveis haja vista que esta pode ser a única forma de visualizar a propriedade para fechar a locação. Muitos moram em outras cidades e não conseguem fazer a visita e desta forma, discrepâncias e demais defeitos entre as fotos apresentadas e a realidade das condições do lugar podem existir tornando-se uma dor de cabeça e comprometendo suas férias. Caso não seja indicação de alguém que conhece bem o imóvel, levante o máximo de informações e opiniões de pessoas que já tenham se hospedado no local, bem como outras manifestações que estejam disponíveis nas redes sociais. Não deixe de reclamar e reivindicar caso o anúncio se configure numa possível propaganda enganosa, conduta criminosa muito comum no setor de serviços.


Contrato

O contrato para locação de casas em Santos, seja com a imobiliária ou com a pessoa física, deve conter todos os termos, deveres e direitos bem descritos, bem como as multas e punições diante do não cumprimento das cláusulas. Não faça acordo verbal e registre oficialmente o em um contrato de locação, e revise todas as regras e normas acordadas entre o locador e o locatário, pois os riscos são grandes caso o produto real não esteja de acordo com o que foi vendido. São pontos essenciais deste tipo de contrato: informações da residência, endereço e número da matrícula no registro de imóveis, capacidade de usuários, regras de reparos diante de danos a estrutura, prazos e condições de pagamento, valor, tempo de estadia, estipulação das multas em caso de descumprimento do contrato ou depredação da moradia, lista dos equipamentos e das mobílias da residência, dentre outras.


Despesas extras

Fique atento a todas as despesas que incluem a locação, devendo ser avisado de possíveis gastos extras impostos, condomínio, eletricidade e gás ou qualquer outra despesa que seja de responsabilidade do inquilino. Mesmo que a maioria dos custos já façam parte do valor total da locação, é importante verificar essas taxas para evitar desconfortos futuros.


Capacidade de carga

Esse é um problema muito comum nesse tipo de locação haja vista que a maioria deles costuma receber uma quantidade grande de hóspedes. É preciso respeitar a capacidade de carga do local, claramente exposto no anúncio e no contrato, estando o consumidor sujeito a multas e punições em caso de excessos. Denúncias e alertas dos vizinhos podem ocorrer bem como possíveis boletins de ocorrências em caso de bagunças e demais transtornos a vizinhança. Desta forma, os inquilinos extras podem serem impedidos pelo proprietário, síndico ou até mesmo pelo porteiro do prédio sem direito a reclamações.


Vistoria

O responsável por alugar apartamento em Santos deve fazer a vistoria assim que ocupar o imóvel, pois depois não terá mais direito de reclamar tendo que arcar com os reparos e manutenções na entrega. Essa revisão criteriosa do estado da propriedade está prevista na lei de locações sendo dever do locador entregar ao locatário o imóvel em estado de servir ao uso a que se destina bem como deste verificar se tudo está como foi acordado. Assim essa checagem dos equipamentos e utensílios em funcionamento deve ser feita de preferência na presença do locador ou seu representante. Em caso de avarias e demais falhas na manutenção, o dono ou a empresa de locação tem o dever de providenciar todas as correções e consertos necessários.


Gostou do nosso artigo e quer receber mais dicas sobre o assunto? Então siga as nossas redes sociais e mantenha-se bem informado.




Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

19 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale