Abrigos de Curitiba acolhem 1.303 pessoas e amplia trabalho na noite desta quarta (11)

11/08/2021


Foi um novo recorde de atendimento em 2021



Os abrigos da Fundação de Ação Social (FAS) acolheram 1.303 pessoas em situação de rua durante a última noite e madrugada, quando foi realizada mais uma ação intensificada para abordar e acolher este público.


Com a previsão de continuidade do frio, a FAS manterá o trabalho ampliado na noite desta quarta-feira, dia 11, para ofertar atendimento à população de rua.


As ações intensificadas acontecem sempre que há previsão de temperaturas iguais ou abaixo de 9ºC.


“Nosso objetivo é ofertar os serviços do município e garantir que as pessoas que estão nas ruas possam ir para os abrigos, tomar banho, se alimentar e dormir protegidas”, explica o presidente da FAS, Fabiano Vilaruel.


As equipes da FAS percorreram toda a cidade e realizaram 140 abordagens sociais, sendo que 110 delas foram feitas com base em solicitações encaminhadas pela população à Central 156. Em 33 situações as equipes estiveram nos endereços indicados, mas já não havia mais ninguém no local.


Durante toda a noite, 277 pessoas procuraram o acolhimento espontaneamente para se proteger do frio e outras 119 foram encontradas nas ruas pelas equipes de abordagem e levadas para as unidades mantidas pelo município para abrigar essa população.


Apesar do frio e da oferta de serviços, 11 pessoas recusaram atendimento. Preparada para atender até 2.047 pessoas simultaneamente, a FAS registrou 744 vagas ociosas.


Por estar debilitada, uma pessoa foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e outra precisou de atendimento do Samu.


As equipes da FAS fizeram ainda três retornos institucionais de dois adultos e de um adolescente que já são acolhidos pelo município, mas foram encontrados nas ruas.


Como a FAS possui canis para abrigar animais de estimação, cinco cachorros foram acolhidos com seus tutores.


Foto: Ricardo Marajó/SMCS



Últimas Notícias