Morre o ator e diretor Cecil Thiré

Artista tinha 77 anos e sofria do Mal de Parkinson



O ator e diretor Cecil Thiré morreu nesta sexta-feira (9) no Rio de Janeiro aos 77 anos. Ele sofria do Mal de Parkinson e morreu enquanto dormia em casa, na Zona Sul do Rio.


Cecil Aldary Portocarrero Thiré nasceu em 28 de maio de 1943 no Rio de Janeiro. Ele foi o filho único do casamento entre a atriz Tônia Carrero e o artista plástico Carlos Arthur Thiré. Uma de suas últimas aparições em público foi durante o velório de sua mãe, que morreu em março de 2018 após uma parada cardíaca.


Thiré seguiu a tradição artística da família desde a adolescência e trabalhou com teatro, cinema e televisão. O primeiro curta-metragem que dirigiu foi "Os Mendigos" aos 19 anos.


Além de dirigir peças e filmes, o ator trabalhou em mais de 20 papéis em novelas como "O Espigão", "Sol de Verão", "Top Model" e "Celebridade". Os maiores destaques foram nos papéis de Mário Liberato em "Roda de Fogo" e de Adalberto em "A Próxima Vítima".

"O Diabo mora no sangue" e "O Ibrahim do subúrbio" são alguns dos filmes dirigidos por Thiré nos anos 60.

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest