banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Turismo religioso impulsiona empreendimento hoteleiro em Bandeirantes

Ratinho Junior esteve na cidade nesta terça-feira para o lançamento da pedra fundamental do empreendimento


Foto: AEN-PR

A cidade de Bandeirantes, no Norte Pioneiro, tem pouco mais de 30 mil habitantes, mas a população do município quase dobra no dia de São Miguel Arcanjo. São os fiéis que chegam aos milhares para visitar o santuário localizado na cidade. Mesmo com a pandemia, que impossibilita a reunião de tantos fiéis, este 29 de setembro não passou em branco. Impulsionada pelo turismo religioso, foi confirmada a construção do Morro dos Anjos, um complexo hoteleiro com 300 chalés e um parque aquático de águas termais. O governador Carlos Massa Ratinho Junior esteve na cidade nesta terça-feira para o lançamento da pedra fundamental do empreendimento, que vai receber investimentos de R$ 150 milhões.


Ele destacou que o Governo do Estado atua de forma constante para intensificar a atração de novos investimentos e gerar emprego e renda.


“Trabalhamos para potencializar cada vez mais o turismo do Estado, que tem riquezas incríveis, e as vocações regionais devem ser impulsionadas” afirmou Ratinho Junior. “Bandeirantes é uma cidade muito importante para o Paraná e este resort vai ajudar a receber bem as pessoas que buscam o turismo religioso ou de lazer. É um investimento que ajuda a consolidar o potencial turístico do nosso Estado”, salientou.


Além envolver a construção do resort, o recurso também será aplicado no complexo do santuário. Em janeiro de 2021 começa a ser construído o Rincão, uma arena coberta de 30 mil metros quadrados, com capacidade de receber 33 mil pessoas sentadas e 50 mil em pé. O espaço, voltado para missas, shows e encontros, deve ser concluído em 2023.


Também em 2021 será iniciada a construção da Via Sacra, um trajeto com 15 capelas onde os devotos irão percorrer os 15 atos do calvário de Jesus. A previsão de entrega é em setembro de 2022. Já a Praça São Miguel, que será entregue ainda neste mês, foi projetada para acolher os devotos. Conta com praça de alimentação com capacidade para 1,5 mil pessoas sentadas, infraestrutura de banheiros, loja de souvenir e praça de convivência.


Nos próximos meses, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística vai apresentar o projeto e a licitação para a construção de uma passarela nas proximidades do santuário, para aumentar a segurança dos fiéis que visitam o local e precisam atravessar a rodovia que divide os dois espaços do complexo religioso.


O secretário da pasta, Sandro Alex, ressaltou que o Estado trabalha para tornar a infraestrutura estadual cada vez mais aprimorada. “Vamos realizar a construção de uma passarela robusta, devido ao volume de pessoas que vão utilizar o local. É o primeiro passo das obras que queremos para melhoria do acesso e da mobilidade das pessoas nesta região”, afirmou. O investimento na obra será de cerca de R$ 2,5 milhões.


O padre Rosinei Toniette, reitor do santuário, destacou a importância da passarela. “Este ano tivemos a pandemia, mas normalmente a data de 29 de setembro reúne dezenas de milhares de pessoas, e também muitas outras ao longo do ano”. Segundo ele, o santuário chega a registrar mais de 50 mil pessoas durante as celebrações do aniversário do complexo religioso. O movimento, porém, é intenso o ano inteiro: cerca de 300 mil pessoas frequentam a cidade por ano para visitar o local.


Ele falou ainda sobre o novo empreendimento que será construído nas proximidades do santuário. “Fortalece a estrutura hoteleira e se torna mais um atrativo para que as pessoas visitem nosso santuário e a nossa região”, disse o Padre Rosinei.

30 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest