Damares exonera mulher de blogueiro investigado

Sandra Terena ocupava uma das diretorias do Ministério da Mulher



Por orientação do Palácio do Planalto, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, decidiu exonerar a secretária de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da pasta, Sandra Terena. Ela é mulher do blogueiro Oswaldo Eustáquio, que chegou a ser preso por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) durante a investigação sobre o financiamento de atos antidemocráticos.


Segundo informou a assessoria da pasta, a demissão de Sandra faz parte de uma “reestruturação de cargos no ministério”, sem dar mais detalhes. A exoneração deve ser oficializada no Diário Oficial da União nos próximos dias.


Eustáquio perdeu espaço após se tornar alvo do inquérito no Supremo. Embora apenas sua mulher tivesse cargo no governo, ele sempre se colocou na linha de frente na defesa de políticas da atual gestão e de Bolsonaro. Em depoimento à Polícia Federal, o blogueiro disse que “fez parte do governo executivo federal de transição do atual presidente da República até 31 de janeiro de 2019”.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

25 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale