Colégio Militar de Curitiba volta atrás e adia retorno

Situação da pandemia na cidade foi a principal razão



O Colégio Miliar de Curitiba anunciou nesta sexta-feira (18) que optou por adiar a volta às aulas na instituição. A decisão consta em comunicado assinado pelo diretor da instituição, coronel Guilherme Azambuja Carrilho do Rego Barros. Na última terça-feira (15), a instituição havia divulgado protocolo para o retorno que aconteceria na próxima segunda-feira (21).


Um dos motivos que justificam o passo atrás é a atual vigência da bandeira laranja, que até o momento não foi alterada pela Prefeitura de Curitiba. A instituição seria a primeira a retomar as atividades presenciais, contrariando normativa que impede a retomada nas demais escolas públicas e particulares.


No comunicado de terça-feira, o Colégio Militar destacou que o acesso ocorreria apenas por um portão, sem catraca e como “supervisão cerrada de supervisores” para garantir normas de higiene e distanciamento de dois metros. Qualquer tipo de contato físico havia sido proibido. “Não deve haver, sob qualquer hipótese, apertos de mão ou abraços”.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

24 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale