Assembleia quer fiscalização do Procon nos preços de alimentos

Comissão de Defesa do Consumidor pede providências do Governo do Estado



O deputado Marcio Pacheco (PDT) enviou nesta quarta-feira (09) um ofício à diretora-geral do Procon-Paraná, Claudia Silvano, solicitando providências em relação a elevação de preços que vem sendo verificada em supermercados e estabelecimentos similares no Paraná


“Nós temos recebido inúmeras denúncias de paranaenses preocupados com os aumentos incompreensíveis e injustificáveis de produtos alimentícios. Por isso, estamos encaminhando esse pedido de providências junto ao Procon estadual, inclusive para acionar também os órgãos municipais”, afirma Pacheco, que é o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor na Assembleia Legislativa do Paraná.


A maior preocupação, segundo o deputado, é com a elevação de preços dos itens que compõem a cesta básica, como arroz, feijão, leite, farinha de trigo, café, açúcar e óleo. Em Curitiba, por exemplo, a cesta básica em agosto teve um aumento de 8%.


Entre os produtos que sofreram os maiores aumentos no período estão o feijão (53%), o arroz (20%), o pão e o leite (15% cada). “A população não pode sofrer com essa contínua elevação, devendo ser investigada se realmente a majoração se justifica, uma vez que pode estar havendo especulação no mercado, onde muitos podem estar se aproveitando desse momento provocado pela pandemia do coronavírus”, ressalta o deputado.


Fonte: ALEP

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest