Vacina russa deve começar testes em 45 dias no Paraná

Governo do Estado pediu à Anvisa a validação para estudos



O Governo do Paraná deve submeter à Anvisa dentro dos próximos trinta dias o protocolo de validação para a fase 3 de estudos clínicos da vacina russa no País. Depois de aprovado, a previsão é que o início dos testes aconteça em mais 15 dias. Deverão ser testadas no mínimo 10 mil pessoas no Brasil, com prioridade para profissionais de saúde.


Nesta quinta-feira (27), o chefe da Casa Civil, Guto Silva, e o diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Jorge Callado, participaram, em Brasília, de reuniões com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Embaixada Russa no Brasil para agilizar o processo de aprovação dos testes pelos órgãos regulatórios nacionais.


Caso as avaliações e aprovações aconteçam dentro do prazo esperado, Callado acredita que o Paraná poderá começar a testagem em 45 dias, inicialmente com 10 mil voluntários. O número final só será definido após a conclusão do protocolo de validação.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

20 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale