Desafios da construção de uma educação de qualidade

O papel relevante da organização dos sistemas nacionais de ensino no Brasil enfrenta obstáculos econômicos, políticos e ideológicos em resistência a construção de um sistema nacional de educação, no contexto brasileiro que agrega o trabalho, a educação e a saúde do professor



O sistema é o produto da ação humana, como refere-se Saviani, o processo de transformação que o homem exerce sobre o meio, consciente de ação intencional perante a realidade da vida. O agir sistematizado, na educação tem características fundamentadas em tomar consciência da situação do presente momento, compreender os problemas, refletir sobre eles e formular objetivos, que possam ser realizados, assim como pensar nos recursos disponíveis para intervir na educação de maneira adequada, com ação sistematizada na precaução e vigilância, para efetivar os objetivos.


O ser humano possui uma estrutura mesclada de atenção da situação, de liberdade de pensamento e da consciência refletida. O pensamento e ação do ser humano, ao agir e sistematizar o ensino intencionalmente é como dar propriedade de partir da unidade para a multiplicidade, como acontece na relação entre as áreas de conhecimento, que podem oferecer ao estudante uma situação existencial de vida, mais coerente no desenvolvimento e amadurecimento de seu intelecto. O termo estrutura tem o significado de construir, vem do latim “structura” derivado do verbo “struere”, portanto construir. O trabalho do professor é construir em determinado contexto, ou seja, construir modelos ou exemplos que possam contribuir para a formação de novas estruturas.


Com esta pequena introdução podemos compreender melhor a estrutura e o sistema da educação, que se configura no presente momento, com a organização objetiva, concreta e sistematizada, sem se distanciar dos objetivos humanos ao enfrentar os desafios cuja o resultado coletivo de ação intencional, parte da práxis intencional individual. O conceito de sistema educacional perpassa pelo conjunto das escolas ou pela rede das instituições escolares, mas o principal é compreender que o sistema é um conjunto de atividades, que agrega valor e qualidade do ponto de vista de determinada finalidade. Confere a autonomia e a liberdade de refletir sobre as normas gerais e comuns dos cursos, gerados para profissionalizar os estudantes.


Na LDB/96 o sistema de ensino, agrega a educação básica, pública e privada, integração a nível nacional e regional, e o conceito de sistema de ensino não é sinônimo de rede de escolas, mas sim a questão relativa às condições para a efetivação da educação, na construção do ensino e aprendizagem.


Podemos concluir, que os desafios e as dificuldades, para criarmos um pensamento forte e relacionado ao sistema nacional de educação, que tenta manifestar-se no plano das condições materiais concretas e políticas, possam representar a mentalidade pedagógica do ensino, no ocidente e principalmente no Brasil, para podermos trilhar o caminho na resolução da evasão escolar, do analfabetismo, da desigualdade social, do desemprego, da fome, da segurança nacional e da saúde.


Fonte: Grupo Uninter

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

15 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest