banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Paraná quer fazer testes da fase 3 de vacina russa

Após testes, Tecpar vai produzir imunizante em larga escala



O Estado do Paraná pretende realizar os testes da fase 3 da vacina russa contra o novo Coronavírus, batizada de Sputnik V. A informação foi dada ontem pelo diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Jorge Callado, durante uma audiência da comissão externa da Câmara dos Deputados que trata das ações de enfrentamento à pandemia.


Após o anúncio da vacina russa, o governo do Paraná firmou um acordo de cooperação com o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) para a realização de testes, produção e distribuição da vacina em território brasileiro. De acordo com Callado, antes é preciso encaminhar os resultados das pesquisas com a vacina nas fases 1 e 2 para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


“Estamos trabalhando para fazer a fase 3 em território brasileiro também, após encaminharmos a Anvisa as informações referentes as fases 1 e 2”, disse Callado durante a audiência. “Na sequência, vamos buscar também a questão da própria fabricação em território brasileiro, possivelmente de uma forma consorciada”, acrescentou.

2 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest