banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Força-tarefa da Lava Jato no Paraná pede mais um ano em Curitiba

Grupo quer que sete procuradores mantenham trabalho exclusivo na operação



A força-tarefa da operação Lava Jato em Curitiba pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o grupo de trabalho seja prorrogado por mais um ano. No documento, os procuradores também pedem que seja mantido o regime de exclusividade de 7 dos 14 membros da equipe, como acontece hoje. A estrutura da força-tarefa da Lava Jato no Paraná foi criada em abril de 2014 e os trabalhos foram renovados sete vezes.


Os procuradores também pedem que seja mantido o regime de exclusividade de 7 dos 14 membros da equipe, pelo menos, “enquanto a transição para outro modelo de trabalho não é realizada”. O pedido será avaliado pelo atual procurador-geral da República, Augusto Aras, e não há prazo para a resposta. O regime de forças-tarefa da Lava Jato foi criado pelo então chefe da PGR Rodrigo Janot, e mantido pela sucessora, Raquel Dodge.

3 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest