Turistas lotam regiões serranas de SC e RS para ver neve

Hotéis e pousadas ficaram lotados na região



A onda de frio que passa pelo sul do Brasil desde quinta-feira, 20, derrubou os termômetros e trouxe neve para cidades no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Hotéis e pousadas ficaram lotados e, diante do quadro da pandemia do novo coronavírus, medidas mais rígidas foram adotadas em algumas cidades para evitar aglomeração e contaminação.


Em Santa Catarina, nevou em pelo menos 11 cidades nas regiões serrana, Planalto Norte e em municípios da Grande Florianópolis, onde o fenômeno não era registrado desde a onda de frio de 2013. No Rio Grande do Sul, neve foi registrada em Canela, São Francisco de Paula e Cambará do Sul, cidades da Serra Gaúcha.


Bom Jardim da Serra, na Serra catarinense, registrou a temperatura mais baixa do sul do País, e foi onde os turistas puderam presenciar flocos de neve por mais tempo. Na cidade, os termômetros registraram -8,6ºC no amanhecer desta sexta-feira, 21, batendo o recorde da estação do Instituto Nacional de Meteorologia (INMet), em atividade desde 2008. Antes, a temperatura mais baixa até então registrada na estação foi de -7,8°C, em 23 de julho 2013.


No Rio Grande do Sul, as temperaturas mais baixas foram registradas em Quaraí (-5°C) e em São José dos Ausentes, na Serra (-4,3°C).


O casal Shelly Moreira, de 36 anos, e Franciele Sperling, de 32, que foram de Blumenau para Bom Jardim da Serra, ficou feliz com o registro da neve na madrugada desta sexta. "A Fran nunca tinha visto neve e eu também nunca tinha visto a neve no Brasil, só fora. Foi uma experiência muito boa", disse.


A farmacêutica Fabíola Málaga Barreto, de 37, que é do Paraná e mora desde fevereiro deste ano em Bom Jardim da Serra, acabou não conseguindo fazer o registro que tanto queria. Servidora da Saúde do município, ela contraiu covid-19 na última segunda-feira. "No hospital fazemos testes toda semana e eu fui diagnosticada com covid-19. Estou trancada dentro de casa e fiquei muito chateada de não poder sair, tirar fotos. Não sei se terei outra oportunidade de ver neve no Brasil", lamentou.


Além da neve, diversas cidades registraram chuva congelada e sincelo, que é quando a chuva congela ao tocar a superfície. Os fenômenos foram vistos em Nova Petrópolis e São José dos Ausentes, no RS, e nas cidades catarinenses de São Joaquim, Urupema e Urubici.


Segundo a MetSul, esta massa de ar polar é uma das maiores ondas de frio dos últimos anos na América do Sul. Mais uma vez, na sexta-feira, picos de frio serão registrados em todo o RS, com a possibilidade da geada em quase todas as regiões do Estado.

25 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest