Opção de entretenimento: eventos em Drive-in aumentam mais de 200%

Eventos no sistema drive-in têm sido uma forma de diversos artistas se apresentarem para o público de forma segura e confortável aos participantes.



A pandemia causada pelo novo coronavírus obrigou diversos setores da economia a se reinventarem, um deles foi o setor de eventos que precisou buscar alternativas para atrair o público e manter a segurança dos participantes. A solução encontrada para a realização de shows, exibições de filmes e outros eventos foi optar pelo sistema “Drive-in” que se popularizou nos Estados Unidos na década de 1950 e no Brasil na década de 70. Antes da pandemia só existia um cinema nesse segmento na cidade de Brasília, hoje em quase todos os estados existe um. No Paraná, por exemplo, um grande centro de eventos montou o maior drive-in do Brasil com capacidade para mais de 400 carros, que tem como exigências apenas a distância de 1,5 metros, vidros fechados e uso de máscaras, que é a recomendação de segurança dos agentes de saúde.


A proprietária do único drive-in em funcionamento no Brasil antes da pandemia, Marta Fagundes, destacou em entrevista à Agência Brasil que o movimento aumentou quase 200%, já que antes variava entre 40 e 50 carros por sessão. As apresentações nessa modalidade, agora espalhadas por todo o Brasil, envolvem desde as tradicionais exibições de cinema, até apresentações inovadoras, como shows de comédia com nomes consagrados do humor brasileiro.


O humorista e empresário paulistano Diego Albuquerque (33), Acesse Aqui que já vem realizando inúmeras lives na Internet ganhando o título de “rei das lives”, é um dos artistas que viu a possibilidade de transferir os tradicionais shows de stand-up comedy que aconteciam em casas de shows para essa modalidade, e tem atraído um público cada vez maior. Com espaços a céu aberto, as equipes conseguem manter distanciamento e praticar todas as regras de segurança exigidas, e o público, mesmo nos carros, mantém a distância de 1,5 m. O “Drive-in da comédia” já contou com a participação dos humoristas: Diego Portugal, Rodrigo Capella, Rogério Morgado, Victor Sarro e Maurício Dollenz. “O público estava ansioso pela volta, quer entretenimento, essa é uma forma segura e que tem atraído o público e até mesmo patrocinadores, que estavam com o espaço restrito” – diz Diego.


Além das apresentações de cinema, shows e espetáculos de teatro, o modelo está servindo também para a realização de convenções partidárias para a homologação de candidaturas por conta das eleições municipais. Em Guarabira (PB), no brejo paraibano, partidos políticos vêm realizando as solenidades dessa forma.


Os eventos estão sendo realizados quase sempre nos estacionamentos de casa de shows, shoppings e outros espaços que estão fechados por conta da pandemia e têm sido uma forma de ter uma distração fora de casa de forma segura para todos que participam. Acesse Aqui

https://www.instagram.com/odihalbuquerque

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest