Athletico sofre, mas vence o Goiás

Time goiano estava desfalcado de 12 jogadores



Os desfalques dificultaram, mas não inviabilizaram o Goiás de fazer uma partida em determinados momentos parelha frente ao Athletico na Arena da Baixada. Mas, apesar dos esforços, falou mais alto a qualidade técnica e entrosamento do Furacão e os anfitriões conseguiram vencer por 2 a 1 emendando a segunda vitória consecutiva na competição.


Na primeira oportunidade que teve, Vitinho parou no goleiro do Esmeraldino, mas esbanjou categoria quando conseguiu novamente abrir caminho para finalizar. Aos 31, o camisa 28 usou do jeito para bater de chapa, no ângulo de Marcelo Rangel que até tentou, mas não conseguiu alcançar.


Os indícios de volume de jogo não indicavam muitas possibilidades do time visitante chegar a igualdade. Contudo, em um dos poucos momentos que conseguiu chegar perto da meta de Santos, um cruzamento na grande área teve toque de mão na bola por parte de Thiago Heleno e a arbitragem de Diego Pombo Lopez, com o auxílio do VAR, marcou pênalti. Na batida, o meio-campista Daniel Bessa foi muito bem e deslocou totalmente o goleiro do Athletico batendo no lado esquerdo.


Até então seguro quando foi exigido, o goleiro Marcelo Rangel acabou protagonizando lance que acabou sendo fatal para que o time da Baixada retomasse a vantagem no marcador. Ao se atrapalhar no cruzamento feito por Nikão, o arqueiro viu Vitinho salvar bola que quase saiu e ainda servir Carlos Eduardo (que entrou no segundo tempo) que não desperdiçou. 2 a 1 Athletico.

19 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest