Tiros interrompem coletiva de Trump na Casa Branca

Ainda não há confirmações sobre as causas do tiroteio



A coletiva de imprensa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi interrompida nesta segunda-feira (10), após tiros serem disparados do lado de fora da Casa Branca. De acordo com o republicano, uma pessoa ficou ferida e foi levada para o hospital. A situação foi controlada pelo Serviço Secreto. Até o momento, no entanto, ainda não há informações sobre as causas do tiroteio.


Trump conversava com os jornalistas sobre a pandemia do novo coronavírus Sars-CoV-2 quando um agente entrou na sala e sussurrou em seu ouvido. Na sequência, o magnata se retirou e a sala foi trancada. Segundo relatos, agentes do Serviço Secreto correram pelo jardim da Casa Branca com armas em mãos. Logo depois, o presidente retornou à sala e explicou o episódio.


Trump agradeceu a agilidade dos agentes e explicou que havia sido levado para o Salão Oval.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest