Reservatórios do século passado abastecem Curitiba

Sanepar reativou estruturas abandonadas há quase 70 anos



A estiagem que há meses castiga o Paraná obrigou a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) a adotar medidas emergenciais para contornar a situação de emergência hídrica. E uma destas medidas foi reativar os reservatórios de água da Serra do Mar, que abasteciam a capital paranaense no início do século XX e estavam fora de operação desde a década de 1950.


Algumas destas estruturas ainda forneciam água para o Litoral do Estado, mas nos últimos dias os engenheiros da Sanepar refizeram ligações para direcionar esta água à capital e região metropolitana, área mais afetada pela seca no Estado. Para fazer a água chegar às represas que abastecem a capital, a Sanepar utiliza tubulações instaladas há mais de 100 anos e que compunham o sistema original, inaugurado em 1908.


Apesar do baixo fluxo – 40 litros por segundo, em comparação com os três mil litros por segundo do sistema Piraquara I e II –, a Sanepar destaca que, “em plena estiagem, toda ajuda é bem-vinda”.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

24 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale