Governo pretende distribuir passagens de ônibus na RMC

Projeto que cria "cartão social" será votado pela Assembleia



O Governo do Estado encaminhou ontem para a Assembleia Legislativa um projeto de lei para criar um "cartão social" de ônibus na Região Metropolitana de Curitiba. O objetivo é permitir que o Estado compre passagens antecipadamente e disponibilize para pessoas desempregadas e em situação de vulnerabilidade social. O programa é extraordinário e se prolongaria durante a pandemia do Coronavírus, mas ainda depende de aprovação pelos deputados estaduais.


No total, o repasse às empresas seria de R$ 32 milhões, divididos em seis meses retroativos ao mês de abril. De acordo com a mensagem do governador Ratinho Junior, o programa visa garantir a manutenção do serviço de transporte metropolitano coletivo, atividade essencial e que teve forte impacto devido à queda do número de usuários por conta da paralisação das atividades de grande parte da população paranaense.


O "Cartão Social" será destinado preferencialmente a beneficiários de programas sociais do Governo Federal, inscritos no Cadastro Único, desempregados e pessoas inscritas em programas emergenciais da pandemia.

27 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest