Rua Mateus Leme está inteira de asfalto novo

O último dia de trabalho na Rua Mateus Leme foi inspecionado pelo prefeito Rafael Greca.

Foto: Hully Paiva/SMCS

Os 2.300 metros do trecho da Rua Mateus Leme a partir da esquina com a Rua Evaldo Wendler e até o encontro com Rodovia dos Minérios (PR-092), passando pelo Parque São Lourenço e a Sociedade Cultural Abranches, já estão com asfalto novo. Os serviços começaram no dia 3 de julho e foram concluídos nesta segunda-feira (20/7).


As obras de pavimentação se somam aos 3.100 metros da Rua Mateus Leme já recuperados no segundo semestre de 2017, entre as ruas Barão de Antonina e Evaldo Wendler. Assim, a via que liga os bairros São Francisco, Centro Cívico, Ahu, São Lourenço, Taboão e Abranches está com o pavimento revitalizado por completo.


O último dia de trabalho na Rua Mateus Leme foi inspecionado pelo prefeito Rafael Greca e pelo secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues.


“Parte da antiga Estrada do Açungui, a nossa Rua Mateus Leme agora está toda renovada, com mais 2.300 metros de asfalto novo somados aos 3.100 metros feitos em 2017. Ela fará parte de um futuro binário com a Rua Nilo Peçanha quando a Rodovia dos Minérios entrar requalificada em Curitiba”, disse Greca.


O secretário alertou que a implantação da nova sinalização horizontal da via será feita nos próximos dias. “Temos que aguardar o tempo de cura na camada de asfalto novo e esperar por dias sem chuva para aplicar a pintura das faixas. Enquanto isso, pedimos que os motoristas tenham cuidado redobrado e trafeguem em velocidade baixa”, apontou Rodrigues.


Mais melhorias

Também está em andamento a intervenção de correção geométrica no entroncamento das ruas Mateus Leme, João Gava e Nilo Brandão, na esquina do Parque São Lourenço. O serviço é do Distrito de Manutenção Urbana (DMU) da Regional Boa Vista e tem como objetivo a melhoria da mobilidade e da segurança de pedestres e ciclistas que circulam pelo local. Em horários de pico, o movimento naquele ponto chega a aproximadamente 2.500 veículos por hora no eixo Mateus Leme e 1.000 veículos por hora no eixo João Gava-Nilo Brandão.


As obras projetadas pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) fazem parte do plano de prolongamento do binário Mateus Leme-Nilo Peçanha até a Rodovia dos Minérios. A segunda etapa do binário ainda é objeto de estudo e deverá ser concluída em parceria com o Governo do Estado no trecho em que a rua se liga ao eixo rodoviário, área de domínio estadual.


Com a conclusão dos serviços de pavimentação e após a finalização da correção geométrica, também será feito o alargamento da Rua João Gava, que passará dos atuais 10,40 metros para 12 metros de largura na extensão de uma quadra. A previsão de execução das obras de alargamento e correções geométricas é de pelo menos 30 dias.

Últimas Notícias