Paraná registra 22 mortes de profissionais da saúde pelo Coronavírus

Entre as vítimas estão 22% que tinham entre 60 e 69 anos



Desde o início da pandemia do Coronavírus, 22 profissionais da saúde morreram por causa da Covid-19 no Paraná, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Conforme o levantamento, entre as vítimas estão médicos, enfermeiros, profissionais de farmácias e de odontologia. Dentre eles, 22% tinham entre 60 e 69 anos, 18% morreram com idade entre 50 e 59 anos, e outros 18% tinham de 30 a 39 anos.


De acordo com a Sesa, o Paraná tem 240 profissionais de enfermagem internados ou em quarentena com suspeita ou confirmação da Covid-19. O Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren) alerta para a possibilidade de falta de profissionais na linha de frente, conforme o avanço da epidemia.


"Hoje eu tenho um quantitativo insuficiente em todos os serviços de saúde, por conta dos afastamentos, inclusive pela Covid e o grupo de risco, e eu não tenho profissionais no mercado para assumir. Não adianta mil leitos de UTI, se eu não tenho novos profissionais de enfermagem para contratar", explicou a presidente do Conselho Regional de Enfermagem, Simone Peruzzo.


Dos mais de 108 mil trabalhadores registrados no Conselho Regional de Enfermagem, 58 mil são técnicos, 26,7 mil são enfermeiros e 22,5 mil são auxiliares de enfermagem.


No início desta semana, a categoria perdeu Sueli Terezinha de Lima Padilha, de 53 anos, que lutou conta o novo coronavírus por quase um mês. A técnica de enfermagem ficou 18 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu e deixou o marido, dois filhos e um neto.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest