COI oficializa idade limite de 24 anos no futebol masculino em Tóquio

Alteração beneficia metade do elenco que garantiu a seleção nos Jogos



O Comitê Olímpico Internacional (COI) oficializou a idade limite de 24 anos para atletas do futebol masculino na Olimpíada de Tóquio. O adiamento dos Jogos para 2021, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), levou a entidade a rever o limite, que era de 23 anos, de forma extraordinária para a edição na capital japonesa.


Dos 23 brasileiros que conquistaram a vaga no pré-olímpico da Colômbia, realizado entre janeiro e fevereiro, 12 são nascidos em 1997 e, portanto, farão 24 anos no ano que vem. Caso não houvesse mudança na idade limite, eles não poderiam disputar a Olimpíada, a menos que fossem chamados como atletas acima da idade (essa cota, que é de três jogadores, está mantida).


Com a alteração, nomes como os meias Bruno Guimarães (Lyon, da França) e Matheus Henrique (Grêmio), o goleiro Ivan (Ponte Preta) e o lateral-esquerdo Caio Henrique (Atlético de Madri, da Espanha), que estiveram no qualificatório, estão liberados para Tóquio. Outro que se beneficia é o atacante Gabriel Jesus (Manchester City, da Inglaterra), medalhista de ouro no Rio de Janeiro em 2016 e também nascido em 1997, mas que não participou do pré-olímpico.


Outra modalidade que precisou aumentar a idade limite foi o boxe. Segundo o COI, poderão disputar os Jogos atletas nascidos entre 1º de janeiro de 1980 a 31 de dezembro de 2002. As definições foram tomadas pela força tarefa montada pelo Comitê para adequar os processos de classificação olímpica impactados pelo adiamento do evento.


Fonte: EBC

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest