Mesa Solidária da Plínio Tourinho já oferece almoço todos os dias

O local é o terceiro a receber o programa municipal, que garante alimentação gratuita em espaços dignos a pessoas em situação de rua.

David Pereira Moraes, 37 anos, é natural de Santos (SP) e veio para Curitiba em busca de trabalho no começo de 2020. "Lá não estava conseguindo viver mais, pois não conseguia emprego", lembra. Atualmente, ele trabalha em um depósito de recicláveis no Rebouças e vive em um dos hotéis sociais do município. "Provavelmente, estaria vivendo na rua se não fosse a ajuda da Prefeitura", conta.


Moraes é uma das 150 pessoas que almoçam diariamente no Mesa Solidária do Centro POP da Praça Plínio Tourinho, no Jardim Botânico. Inaugurado no fim de maio pelo prefeito Rafael Greca, o local é o terceiro a receber o programa municipal, que garante alimentação gratuita em espaços dignos a pessoas em situação de rua.


A unidade abriu oferecendo jantar todos os dias, das 19h às 21h, e, a partir deste mês, almoço das 11h30 às 14h.


Lançado no fim do ano passado, o Mesa Solidária é uma ação conjunta de órgãos da Prefeitura - como Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Fundação de Ação Social (FAS) e Secretaria Municipal de Defesa Social, que cedem espaços e apoio logístico - e instituições religiosas, organizações não-governamentais (ONGs) e movimentos de apoio às pessoas em situação de rua - que adquirem, preparam e servem os alimentos.


Além disso, desde maio, feiras e Sacolões da Família aderiram ao Mesa Solidária, doando hortifrútis para parceiros que os distribuem para instituições de longa permanência, como asilos, casas de recuperação de dependentes e creches, bem como para famílias carentes.


Viaduto do Colorado

O Mesa Solidária da Praça Plínio Tourinho ocupa uma área de 227 metros quadrados, com uma cozinha e um refeitório, embaixo do viaduto do Colorado. No almoço, são servidas 150 marmitas e, no jantar, 100 refeições.


Marmitas e lanches do Mesa Solidária também são servidos gratuitamente, no contraturno, nos restaurantes populares do Capanema (das 19h às 21h) e da Matriz (das 16h às 18h).


"Mesa Solidária está dando mais dignidade às pessoas em situação de rua, que podem se alimentar em espaços limpos e confortáveis, principalmente, neste momento de pandemia do novo coronavírus", reforça a nutricionista Morgiana Maria Kormann, coordenadora dos restaurantes populares e do Mesa Solidária.


Comida boa

Natural de Minas Gerais, o desempregado Gustavo Augusto de Freitas, 24 anos, está em Curitiba desde o ano passado, dorme no Centro POP Plínio Tourinho da FAS e também almoça no Mesa Solidário do Jardim Botânico. "A comida aqui é muito boa e a gente é tratado bem", garante ele.


Para receber a terceira unidade do Mesa Solidária, a Praça Plínio Tourinho também foi toda revitalizada, ganhando inclusive novos bancos e floreiras. Foram instalados ainda conteineres com banheiros, chuveiros e uma lavanderia.

19 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest