banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Fifa pune Athletico na negociação do atacante Rony

Furacão não poderá registrar atletas por duas janelas de transferências



O Albirex Niigata, do Japão, ganhou a ação na Câmara de Resoluções de Litígio da Fifa contra o atacante Rony e o Athletico. Ontem (13), as partes foram informadas da decisão, que suspendeu o atleta por 4 meses e o condenou a pagar, cerca de R$ 6 milhões, com adicional de 5% em juros desde março de 2019. Assim, o valor se aproxima de R$ 10 milhões.


Além disso, o Furacão foi proibido de realizar transações por duas janelas de transferências. Os envolvidos tem 20 dias para apresentar recurso para a análise da Corte Arbitral do Esporte.


Caso

A situação na Fifa é porque o Albirex Niigata contratou Rony junto ao Cruzeiro, em 2017, por três anos. Porém, os japoneses não podiam fazer a transação nesse jeito e solicitaram um empréstimo por um ano. Após isso, seria firmado o vínculo definitivo. Rony nunca reconheceu o acordo que o obrigaria a ficar no Japão após o período de um ano. O atacante ficou meses sem jogar e sem salário devido a briga na Justiça com o ex-clube. Enquanto analisava o caso, a Fifa permitiu que Rony desse sequência na carreira. E agora saiu o resultado do julgamento.


Por esse caso, vários clubes não contrataram Rony por medo de receber punições.

25 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest