banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Operação policial faz 281 prisões e apreende drogas na fronteira

A Operação Metrópolis teve como objetivo combater a criminalidade na região de fronteira.

A Operação Metrópolis, ação conjunta entre as forças de segurança da região Oeste, resultou em 281 prisões e cumprimento de 61 mandados de prisão, além de apreensão de 3,9 toneladas de drogas e 25 armas de fogo. O trabalho infringiu um prejuízo de R$ 9 milhões ao tráfico de drogas.


A ação aconteceu do dia 26 de junho até esta segunda-feira (06.07). O balanço foi divulgado nesta terça-feira (07), pelo 5º Comando Regional da PM, que coordenou a operação.


A Operação Metrópolis teve como objetivo combater a criminalidade na região de fronteira, incluindo rios, matas, rodovias estaduais e federais, centros urbanos e regiões rurais, para inibir a atuação de organizações criminosas envolvidas com tráfico de drogas, de armas, com o contrabando e o descaminho.


“O diferencial é que atuamos de forma integrada em todo o Oeste, não somente a região do Rio Paraná. Fizemos muitas apreensões e atuamos nas rotas do tráfico”, disse o comandante do 5º CRPM, tenente-coronel Sérgio Augusto Ramos.


“A maioria das pessoas presas por mandado de prisão tinha envolvimento com o tráfico. A estratégia foi não só combater o narcotráfico local, mas também aquele que ocorre nas rotas que vão para Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul”, explicou o comandante.


No período da operação, além das prisões em flagrante e dos cumprimentos de mandados, 95,3 mil pacotes de cigarros foram retirados de circulação. As abordagens resultaram também em 24 veículos recuperados, que haviam sido roubados ou furtados e alguns estavam sendo utilizados pelo crime.


LOGÍSTICA – Segundo o tenente-coronel Ramos foram necessários dois meses de planejamento para ajustar a logística da operação, o levantamento de informações das rotas do tráfico e do contrabando e dos locais utilizados por grupos criminosos.


“A ideia é que na sequência já se inicie o planejamento para outras operações como essa, que teve excelentes resultados, também, por conta da integração com os órgãos de segurança pública da região”, disse Ramos.


FORÇAS - Com a coordenação do 5º Comando Regional, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Federal, a Receita Federal e a Guarda Municipal de Foz do Iguaçu também aplicaram equipes e equipamentos nas ações.


Pela Polícia Militar, houve o emprego de efetivos do 19° Batalhão (sede em Toledo), 6° Batalhão (Cascavel), 14° Batalhão (Foz do Iguaçu), abrangendo 52 municípios que fazem fronteira com o Paraguai.


As unidades especializadas da PM também desempenharam atividades na operação Metrópolis. As equipes do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), com os integrantes de Operações com Cães, de Rondas Ostensivas com Aplicação de Motocicletas (Rocam), da patrulha rural e do Pelotão Cobra (Corpo de Operações de Busca e Repressão Aquática), abrangeram diferentes cenários para combater a criminalidade.


O Batalhão de Operações Especiais (Bope) empenhou equipes da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) e da Companhia de Operações com Cães para fazer patrulhamento e abordagens, resultando em apreensões de centenas de quilos de drogas. No ar, a aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) auxiliou as equipes em terra.


Nas matas, trilhas, parques estaduais e áreas de proteção, o Batalhão de Polícia Ambiental-Força-Verde intensificou as ações contra os crimes ambientais. Os policiais militares reforçaram o patrulhamento e as abordagens em toda faixa fronteiriça.


As rodovias estaduais tiveram o incremento de policiamento com a Rotam e do Canil do Batalhão de Polícia Rodoviária. “As abordagens a ônibus de viagem e veículos de passeio em frente aos Postos Rodoviários resultaram no recolhimento de contrabando e drogas que chegariam aos centros urbanos de municípios do Paraná e de outros estados”, acrescentou ao tenente-coronel Ramos.


Fonte: AEN

25 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest