banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Ministro concede liberdade com restrições a blogueiro bolsonarista

O jornalista Oswaldo Eustáquio foi preso no dia 26 de junho



O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou neste domingo (5) a soltura do blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio. Eustáquio foi preso no dia 26 de junho, em Mato Grosso do Sul. A prisão temporária chegou a ser prorrogada pelo ministro, relator do inquérito que investiga a organização e a realização de atos antidemocráticos.


Na decisão, o ministro também determinou restrições, como a proibição de manter contato, inclusive telefônico e por redes sociais, com outros investigados, usar redes sociais e se aproximar da Praça dos Três Poderes, em Brasília, e residências dos ministros do STF.


Também não pode “mobilizar, integrar ou organizar manifestações de cunho ofensivo a qualquer um dos poderes da república, seus integrantes ou que incitem animosidade das Forças Armadas contra qualquer instituição de estado”.


A prisão ocorreu depois que a Polícia Federal identificou que o blogueiro esteve no município de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, e foi identificado risco de fuga, segundo a PF, que pediu a prisão.


Segundo as investigações, Oswaldo Eustáquio defende de forma oblíqua uma ruptura institucional. Os investigadores citam por exemplo uma postagem em que Eustáquio afirma:


"Esse Supremo Tribunal Federal... corrupto... corrupto, que que ele fez? [Está] mancomunado com o Rodrigo Maia. [....] Em 64 não houve golpe militar, foi um contragolpe... porque daqui a pouco as pessoas vão falar: Oswaldo, você é a favor de uma intervenção militar? Não, eu sou a favor de uma intervenção do povo".


Em depoimento, ele negou que tenha articulado ou participado de atos antidemocráticos, que defendam intervenção militar ou o fechamento do Congresso e do Supremo.

2 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest