banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Doação do CAU ao FabLab garante produção de mais três mil máscaras

O material irá permitir a fabricação de três mil equipamentos de proteção individual (EPI).

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/PR) doou para a Prefeitura de Curitiba, nesta sexta-feira (3/7), 95 kg de filamento e 90 chapas de PETG para impressão em 3D de máscaras-escudo (face shild) no FabLab do Cajuru. O material irá permitir a fabricação de três mil equipamentos de proteção individual (EPI) para profissionais de saúde e servidores do resgate social e da defesa social do município.


Desde o início da produção, em março, mais de nove mil máscaras já foram feitas no FabLab, instalado na Rua da Cidadania do Cajuru.


“Vamos conseguir, unidos, reduzir os impactos da pandemia em nossa Curitiba. Há um grande mutirão da cidade para sermos mais fortes que as dificuldades”, afirmou o prefeito Rafael Greca, ao agradecer a doação à presidente do CAU, Margareth Menezes.


O prefeito lembrou que o FabLab Cajuru precisa de um grande volume de insumos para fabricação das máscaras-escudo.


Para continuar fazendo as impressões das máscaras em 3D, o espaço da Prefeitura precisa de doação permanente de filamento para impressão 3D, chapa de PETG cristal transparente e elástico aurata com furos para regulagem de tamanho.


A presidente do CAU afirmou que a entidade está mobilizada para ajudar no combate à pandemia. “Ficamos sensibilizados com o trabalho do FabLab e decidimos contribuir com o material necessário para produção das máscaras”, reforçou ela.


Margareth lembrou ainda que profissionais da área de arquitetura de Curitiba também têm desenvolvido ações para reduzir os impactos sociais e de saúde causados pela pandemia. “O movimento @juntossomosmais.arq Paraná, coordenado pelos arquitetos Elaine Zanon, Jayme Bernardo e Jorge Elmor, distribuiu cestas básicas de alimentos para comunidades carentes, como no Caximba, e também álcool em gel envasado e produzido em parceria com a UTFPR”, enumerou ela.


Margareth estava acompanhada da gerente-geral do CAU, Roselis de Aguiar Macedo.


União


Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, participou da entrega e lembrou que a iniciativa do CAU é mais um exemplo da união de entidades e empresas do Vale do Pinhão no combate à covid-19.


“Curitiba foi a primeira capital a oferecer a videoconsulta para a população, graças a uma parceria com a Doctoralia, que doou a plataforma. Também temos a inteligência artificial fazendo a triagem dos possíveis casos graças à empresa que criou o Robô Laura”, exemplificou Cris.


Ela citou ainda as startups Maha 3D, Prin3D e Boa Impressão 3D, parceiras do FabLab para produção de máscaras-escudo; Dataprom, que entregou 100 quilos de filamento para impressão em 3D do EPI; Olist, que criou uma vitrine virtual para que artesãos e empreendedores de Curitiba possam comercializar produtos on-line. Já os sócios do Ebanx doaram 11 mil máscaras para o combate da pandemia no Paraná e São Paulo.


Fonte: Prefeitura de Curitiba

27 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest