Empresas do Paraná investigadas em fraude na compra de testes

Polícia Federal fez busca e apreensão em várias cidades



A Operação Falso Negativo, que apura fraudes na compra de testes para Covid-19, atinge sete estados e também o Paraná. Em todo o país, estão sendo cumpridos 74 mandados de busca e apreensão. Só no Paraná são nove mandados, em Maringá, São José dos Pinhais e Curitiba.


De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), empresas de medicação e apartamentos dos sócios das empresas estão sendo 'visitados' por agentes da lei no Paraná. A suspeita é de que essas empresas superfaturavam a aquisição de insumos, além de utilizarem marcas imprestáveis para a detecção eficiente de Covid-19 ou de baixa qualidade nessa detecção.


As investigações apontam que o somatório do valor das dispensas de licitação sob investigação supera o valor de R$ 73 milhões. Há suspeita de cometimento de crimes como lavagem de dinheiro, cartel, fraude a licitação, corrupção ativa e passiva e organização criminosa.


Em nota, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal disse que os testes adquiridos foram testados e aprovados pela Anvisa.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

23 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale