Guarda Municipal orienta mais de 51,6 mil pessoas sobre covid-19

24 horas



Por toda a cidade, guardas municipais continuam com o trabalho de orientação sobre medidas de prevenção ao novo coronavírus. Desde o dia 1º de junho foram mais de 51,6 mil pessoas orientadas. São situações que as equipes da Guarda Municipal verificam em praças, parques e ruas, em meio às rondas ostensivas, e também denúncias que chegam via telefone de emergência 153.


Além das orientações em comércio, feitas em conjunto com fiscais da Secretaria do Urbanismo, a Guarda Municipal tem conversado com a população em casos de festas e reuniões em espaços particulares, o que contraria as recomendações da autoridade sanitária nesse período de enfrentamento à covid-19.


“Recebemos essas informações via 153, vindas de pessoas preocupadas com o não cumprimento de regras tão importantes nesse momento delicado e que só será superado com as ações do poder público aliadas à colaboração de todos os cidadãos”, diz o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.


Nos últimos sete dias, foram atendidas 135 ocorrências com esse perfil, de reuniões, festas e aglomerações em residências. As orientações seguem o decreto municipal nº 796/2020 (https://mid.curitiba.pr.gov.br/2020/00300629.pdf), que determina a suspensão de “qualquer reunião com aglomeração de pessoas, incluindo eventos, comemorações e confraternizações, de qualquer natureza e magnitude, ao ar livre ou em espaço fechado.”


Ocorrências diárias


“Quase todos os dias temos, ao menos, uma residência com churrasco ou jantar com muitas pessoas. Durante a semana à noite e aos fins de semana de dia, noite e madrugada. As pessoas orientadas falam, na maioria das vezes, que estão comemorando aniversário, mas colaboram e acatam as orientações”, informa o chefe do núcleo da GM no Bairro Novo, Jônatas Barbosa de Lima.


Desde a última sexta-feira (19/6), 18 residências foram visitadas por equipes do núcleo Cajuru da GM, com a orientação de 197 pessoas. No último sábado (20/6), por exemplo, 15 pessoas estavam em frente a uma residência usando narguilé. A prática está proibida desde a edição do decreto municipal nº 450/2020 (https://mid.curitiba.pr.gov.br/2020/00295535.pdf). Na regional Cajuru, foram cerca de 70 as pessoas orientadas por situações similares, de aglomeração em frente e espaços externos das residências.


Frentes de trabalho


Guardas municipais continuam fazendo as orientações necessárias e a organização de filas nos terminais de ônibus e em frente a agências da Caixa Econômica Federal (locais muito procurados para o pagamento do auxílio emergencial do governo federal), além das ações em praças e parques, em todas as regionais.


Fonte: Prefeitura de Curitiba

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

25 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale