banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

TelePaz começa a atender aos sábados e domingos

O objetivo é dar o suporte emocional emergencial a servidores e à população em geral.

A partir do próximo fim de semana, a equipe de psicólogos das secretarias da Saúde e de Administração e de Gestão de Pessoal que já proporciona o acolhimento emocional por telefone de segunda a sexta-feira, passará a atender aos sábados e domingos. O atendimento já vinha sendo feito nos feriados. O horário será o mesmo para todos os dias da semana, das 8h às 18h. (Veja os telefones abaixo.)


O TelePaz é um serviço gratuito criado pela Prefeitura de Curitiba logo depois que a cidade foi declarada em situação de emergência devido à pandemia pelo novo coronavírus, em março.


O objetivo é dar o suporte emocional emergencial a servidores e à população em geral, neste momento de incertezas trazidas pela doença.


As manifestações variam de pessoa para pessoa. São sinais de ansiedade, dificuldade para adaptar-se ao isolamento social, medo de contaminar ou ser contaminado, mudanças da rotina que causam alterações físicas, tristeza e dor, no caso daqueles que têm que lidar com o luto por causa do falecimento de alguém próximo devido à doença.


O acolhimento começou no dia 24 de março para os servidores municipais, independentemente das secretarias onde atuam, mas com olhar mais atento aos que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus. Desde o dia 27 de março há uma linha disponível para os curitibanos em geral.


Sem pressa

Não há limite de tempo para cada atendimento. Levantamento feito pelo Departamento de Saúde Ocupacional, que coordena o serviço, mostra que as conversas duram, em média, de 20 a 25 minutos.


“Já tivemos diversas situações em que as pessoas ficaram mais tempo em atendimento. Nós não apressamos quem nos liga. Nosso objetivo é acolher, acalmar e, quando percebemos a necessidade, o profissional pode fazer novo contato para verificar se a pessoa que ligou está estabilizada”, explica a psicóloga da gerência de psicologia e serviço social e coordenadora do serviço, Margareth Cristina Bolino.


Profissional da área de saúde ocupacional há 15 anos, Margareth explica que não se trata de uma intervenção terapêutica, mas de uma escuta ativa e especializada. Por isso, ela ressalta a importância da qualificação da equipe formada por 12 psicólogos com experiência clínica.


Quando o profissional percebe que a pessoa necessita de atendimento adicional, ele pode encaminhá-la para o serviço disponível na rede municipal, respeitadas as limitações impostas pela pandemia.


Serviço: TelePaz – Acolhimento emocional

Para os servidores: 3350.8200 Para a população em geral: 3350.8500 Atendimento de segunda-feira a domingo, das 8h às 18h

4 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest