Weintraub sai e paranaense pode assumir a Educação

Carlos Nadalim, de Londrina, é o mais cotado para o cargo



Em vídeo publicado ontem nas redes sociais, o economista Abraham Weintraub anunciou sua saída do cargo de ministro da Educação, que ocupava desde abril de 2019. Na gravação, ele aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Os rumores da saída do ministro se intensificaram ao longo dessa semana, especialmente após a participação dele em manifestações de apoiadores do governo no domingo.


Weintraub é investigado em inquérito sobre fake news, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), e também responde uma apuração na Corte por racismo por ter publicado um comentário depreciativo sobre a China. O governo ainda não confirmou quem assumirá o MEC no lugar de Abraham Weintraub. Mas o nome mais cotado é o de um paranaense.


Carlos Francisco Nadalim, de Londrina, já foi secretário de Alfabetização do Ministério da Educação, é advogado formado pela Universidade Estadual de Londrina e fez mestrado em Educação na mesma instituição. Ele é entusiasta do chamado homeschooling, ou seja, dispensar a escola e dar formação às crianças dentro da própria casa.

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest