Ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz é preso em Atibaia

Ele deverá ser levado para o Rio de Janeiro.

Fabrício Queiroz, ex-assessor do atual senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso em Atibaia, interior de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (18). Ele deve ser levado para o Rio de Janeiro.


A operação faz parte da Operação Anjo, que também cumpre com outras precauções autorizadas pela Justiça e envolve uma investigação relacionadas ao inquérito que investiga a chamada rachadinha, na qual os funcionários da Assembléia Legislativa do Estado (Alerj) devolveriam parte dos seus vencimentos ao então deputado estadual Flávio Bolsonaro.


Queiroz era lotado no gabinete do parlamentar à época em que Flávio era deputado estadual.


O nome de Fabrício Queiroz consta em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que aponta uma movimentação atípica de R$ 1,2 milhão em uma conta em nome do ex-assessor.


O relatório integrou a investigação da Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro, que prendeu deputados estaduais no início de novembro do ano passado.


Em resposta a outros suspeitos envolvidos no esquema (servidor Matheus Azeredo Coutinho, ex-funcionários Luiza Paes Souza e Alessandra Esteve Marins e advogado Luis Gustavo Botto Maia), o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro obteve a decretação de medidas cautelares que incluem busca e apreensão, afastamento da função pública, comparecimento mensal em juízo e a proibição de contato com testemunhas

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest