Prefeitura volta atrás e permite reabertura de academias

Empresários se comprometeram a obedecer protocolos sanitários



A Prefeitura está estudando formas de melhorar a regulamentação das atividades desenvolvidas nas academias de ginástica e esportes durante a pandemia. Propostas foram debatidas, nesta segunda-feira (15/6), por representantes do município e do setor, em reunião na sede da administração municipal.


As possibilidades de mudança em relação ao estabelecido no decreto 774 serão definidas esta semana. Entre as propostas apresentadas pelo município ao setor está a adesão das academias a um Termo de Responsabilidade Sanitária para o Enfrentamento da covid-19. O documento seria obrigatório para volta às atividades dos estabelecimentos.


“A prefeitura está sensível ao problema econômico enfrentado pelo setor, mas não pode relaxar em relação a todas as medidas de controle da covid-19”, disse o secretário de Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur, depois da reunião.


“Qualquer alteração só será possível mediante ampla segurança e posturas sanitárias adequadas, que serão apresentadas esta semana pela Saúde.”


A reunião contou com a presença de 14 representantes do setor e também do secretário municipal de Esporte, lazer e Juventude, Emílio Trautwein; da superintendente executiva da Secretaria Municipal da Saúde, Beatriz Battistella Nadas.

Últimas Notícias