Grupo contra Bolsonaro promove quebra-quebra no Centro Cívico

Protesto começou como manifestação antirracista na Santos Andrade

Um grupo contra o governo Bolsonaro, autointitulado “Antifa”, promoveu uma série de atos de vandalismo na noite de hoje (01/06) no Centro Cívico. Os manifestantes queimaram uma bandeira do Brasil e apedrejaram agências bancárias, o Shopping Mueller e o prédio do Fórum de Curitiba.


O início do confronto ocorreu nas proximidades do Colégio Estadual do Paraná, no Centro Cívico.


A manifestação começou como um protesto antirracista, na Praça Santos Andrade, em frente ao prédio da UFPR. O protesto foi inspirado nos atos que ocorrem nos Estados Unidos em função da morte de George Floyd, por um policial branco.


O grupo Antifa saiu da Praça Santos Andrade em direção ao Centro Cívico. A Polícia Militar que acompanhava o protesto, até então pacífico, pediu reforços para conter as ações de vandalismo. O batalhão de choque conseguiu dispersar os manifestantes, mas mesmo assim muita coisa ficou quebrada no Centro Cívico.

Últimas Notícias