Estados Unidos tem a quarta noite de protestos pela morte de George Floyd

Duas pessoas morreram durante as manifestações



Um jovem de 19 anos e um agente federal morreram e centenas de pessoas foram presas nos Estados Unidos entre a noite de sexta-feira (29) e a manhã deste sábado (30). As mortes e as prisões ocorreram durante a quarta noite de protestos contra a morte de George Floyd, homem negro que foi asfixiado por um policial branco e depois morreu em Minneapolis na segunda-feira (25).


O Cirurgião-Geral dos EUA (cargo oficial cuja indicação cabe ao presidente), Jerome Adams – que é negro –, declarou que "não há uma receita fácil para curar a nossa nação". Também afirmou que os Estados Unidos "precisam reconhecer o impacto do racismo na saúde".


"Se as pessoas não conseguem se curar, a dor inevitavelmente acha uma saída", declarou Adams no Twitter. "É por isso que temos que reconhecer e abordar o impacto do racismo na saúde – ele afeta tudo, desde a mortalidade infantil e materna até o uso de drogas e o risco de sofrer violência".


A primeira morte relatada durante os atos de sexta foi a do jovem de 19 anos. Ele foi atingido depois que uma pessoa passou atirando de dentro de um carro contra uma multidão que protestava no centro de Detroit, no Michigan. A polícia ainda não sabe se ele fazia parte dos protestos.


O segundo caso foi o de um agente federal que morreu depois de ser baleado durante as manifestações em Oakland, perto de San Francisco, na Califórnia. Um segundo agente foi atingido, segundo a polícia, mas sobreviveu.


De acordo com as autoridades, 7,5 mil pessoas participaram das manifestações em Oakland; houve prisões, mas o número de detidos não foi informado. Houve relatos de vandalismo, roubos, incêndios e ataques a policiais, diz a CNN.


Em Portland, no Oregon, oeste do país, a prefeitura declarou estado de emergência. Um toque de recolher foi decretado até as 10h (horário de Brasília) deste sábado e depois, de novo, a partir da meia-noite até as 10h de domingo (31).

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest