Rosto da Cidade favorece ação rápida contra o vandalismo

A secretária Marilza Oliveira Dias destacou a rapidez da recomposição da paisagem como um dos grandes símbolos do programa Rosto da Cidade.

Monumento de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais após limpeza e despiche. Curitiba, 26/05/2020. Foto: Pedro Ribas/SMCS

Menos 24 horas depois de verificada uma nova pichação na coluna votiva da Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, monumento na região Central em homenagem à padroeira de Curitiba, equipes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente fizeram a limpeza do local.


A secretária Marilza Oliveira Dias destacou a rapidez da recomposição da paisagem como um dos grandes símbolos do programa Rosto da Cidade, que consiste na limpeza, pintura e aplicação de resina antipichação em imóveis tombados e monumentos históricos.


“Sem o produto protetor de superfície, ações de vandalismo demandavam dias para limpeza e exigiam, frequentemente, uma nova pintura”, lembrou. “Com esse programa, idealizado pelo prefeito Rafael Greca, conseguimos mudar a realidade da região Central”, disse Marilza.


O Rosto da Cidade já concluiu benfeitorias em 24 imóveis públicos e 67 particulares. Hoje, quatro imóveis privados estão em execução. A atuação em imóveis particulares é permitida após aprovação de um projeto do Executivo na Câmara Municipal de Curitiba.


Com seis etapas, o programa é desenvolvido em conjunto pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e secretarias municipais do Meio Ambiente e de Obras Públicas. Atualmente são seis projetos em execução.


Também fazem parte das intervenções melhorias na iluminação pública, mobilidade e acessibilidade.

Últimas Notícias