banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Londres homenageia capitão Tom Moore, de 100 anos, com cerimônia tradicional

Veterano britânico da Segunda Guerra Mundial se tornou herói nacional depois de arrecadar mais de 40 milhões de dólares para o serviço público de saúde


O veterano britânico da Segunda Guerra Mundial Tom Moore, que se tornou herói nacional depois de arrecadar o equivalente a mais de 40 milhões de dólares para o serviço público de saúde, recebeu nesta terça-feira a antiga honraria da Liberdade da Cidade de Londres.


Moore, de 100 anos, mobilizou o Reino Unido durante a quarentena do coronavírus ao caminhar pelo jardim com a ajuda de um andador para levantar quase 33 milhões de libras para o Serviço Nacional de Saúde. Seu esforço espalhou alegria em meio às más notícias do surto de coronavírus.


Em uma cerimônia online, Moore, com suas medalhas de guerra, recebeu a Liberdade da Cidade de Londres de autoridades municipais com roupas antigas.


“Hoje estamos prestando homenagem a um homem muito especial”, disse Peter Kane, que ocupa o antigo gabinete do diretor financeiro da cidade de Londres. “Foi uma conquista incrível – ficamos sem adjetivos para descrever isso”.


A Liberdade da Cidade de Londres remonta a 1237 e significava que o detentor não era de propriedade de um senhor feudal e tinha o direito de negociar no centro antigo de Londres.


Moore, que foi criado em Yorkshire, norte da Inglaterra, fez um juramento de ser “bom e fiel à nossa soberana senhora rainha Elizabeth” e de manter “a paz da rainha”.


Fonte: Reuters

2 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest