Roland Garros pode ser realizado com portões fechados

O tradicional torneio poderá ficar sem público em 2020



O presidente da Federação Francesa de Tênis (FFT, na sigla em francês) Bernard Giudicelli, admitiu a possibilidade de realizar Roland Garros com portões fechados. O tradicional torneio parisiense seria disputado entre maio e junho, mas teve seu início adiado para setembro em razão da pandemia do novo coronavírus.


"Organizar o torneio a portas fechadas permitiria a manutenção de uma parte do modelo econômico, como os direitos de transmissão e os patrocinadores", destacou Giudicelli, em entrevista ao Le Journal du Dimanche. Várias outras competições foram adiadas e a edição deste ano de Wimbledon, torneio mais tradicional de tênis do mundo, acabou sendo cancelada.


Roland Garros é um motor econômico para o tênis francês, uma vez que representa cerca de 80% da receita da FFT, segundo Le Journal du Dimanche. Os direitos de transmissão da televisão compõem mais de um terço do faturamento do evento, disputado anualmente em Paris desde 1891.

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest