banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Câmara debate extinção de funções na Prefeitura

As mudanças da Prefeitura serão votadas na sessão de hoje



Em sessão remota de hoje, a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) analisa três mensagens do prefeito, dentre outras proposições. Além dos segundos turnos da prorrogação do pagamento de parcelas do Refic e do reparcelamento de débitos do Município com o Fundo Pis/Pasep, os vereadores debatem a extinção de 32 cargos do Executivo, totalizando 2594 vagas. Dessas, 1502 não estão ocupadas e 1092 tinham servidores lotados quando o projeto foi protocolado, em novembro de 2019.


Na avaliação do Executivo, a extinção dos cargos se justifica porque “na realidade contemporânea da administração municipal [os mesmos] se mostram obsoletos e extemporâneos”, dentre eles auxiliar administrativo operacional, educador social e desenhista, são da administração direta, Fundação de Ação Social (FAS), Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Instituto Municipal de Administração Pública (IMAP), Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC) e Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA).


Se confirmada pelos vereadores, a extinção das vagas ocupadas ocorrerá à medida que as mesmas vagarem, conforme aposentadoria, falecimento, exoneração ou demissão dos servidores.

1 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest