Agricultores familiares levam alimentos às ilhas do Paraná

Associação de Antonina é responsável pela produção dos alimentos



Além de fornecer alimentos para a composição dos kits da merenda escolar, associações de produtores da agricultura familiar têm feito com que eles cheguem aos lugares mais difíceis. Nesta quarta-feira (06), mais uma remessa foi entregue em ilhas do litoral paranaense e em comunidades indígenas, atividade renovada a cada 15 ou 20 dias.


“O esforço de todos, tanto do poder público quanto da iniciativa privada, é para não deixar de atender os programas sociais e até mesmo integrar outras pessoas e famílias que estão em situação de absoluta necessidade em iniciativas que lhes garantam alimentação, ainda que estejam em locais distantes, como as ilhas”, disse o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.


A entrega dos kits passou a exigir uma nova logística da Associação de Pequenos Produtores Rurais e Artesanais de Antonina (Aspran), que congrega 74 produtores e atende comunidades do Litoral há dois anos.


Com um caminhão alugado, os produtos são levados até Guaraqueçaba, deixando pelo caminho os destinados a escolas do continente, entre elas a da Aldeia Kuaray Guatapará.


Em Guaraqueçaba, aonde o caminhão chega depois de cerca de oito horas de estrada, um barqueiro contratado pela associação aguarda os alimentos. Separados em duas embarcações, seguem para as cinco ilhas atendidas pela Aspran: Peças, Rasa, Superagui, Jorge Dias e Ismael Chagas de Tibicanga.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

25 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale