banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Concerto diretamente da casa dos músicos da Orquestra Sinfônica do Paraná

Estreou nas mídias digitais da OSP concerto com o conhecido "O Trenzinho do Caipira", de Heitor Villa-Lobos.

A Orquestra Sinfônica do Paraná estreou em suas mídias digitais um concerto diretamente da casa dos músicos, tocando o conhecido O Trenzinho do Caipira, de Heitor Villa-Lobos. A produção foi sucesso nas redes sociais e já obteve quase 50 mil visualizações.


A ação foi uma parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Comunicação Social e da Cultura, do Centro Cultural Teatro Guaíra, PalcoParaná e Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná.


O músico Leonardo Gorosito conta que a OSP sentiu necessidade de seguir atuando no cenário cultural, mesmo com a pandemia do coronavírus. Depois de fazer vídeos e playlists para redes sociais, surgiu a ideia de fazer um concerto conjunto, com os músicos participando de duas casas.


“Foi unanimidade escolher um compositor brasileiro, para criar maior identificação com o público. Certamente a letra de O Trenzinho tem muito a ver com o momento que estamos vivendo agora. Estamos caminhando para um lugar que não sabemos onde vai dar, mas o mais importante é que estamos todos juntos nesse ‘trem’, não importa o que venha no futuro”, disse Leonardo Gorosito.


Monica Rischbieter, diretora-presidente do Teatro Guaíra, explica que as ações desenvolvidas pelo Teatro nessa quarentena seguem a orientação do Governo do Estado de promover o acesso à cultura.


“É um princípio que temos desde o início da gestão, então houve só uma adaptação para o mundo virtual. Faz parte do nosso DNA estar ligado ao público, que é nossa razão de existir, então os corpos artísticos começaram a planejar ações nas redes sociais para manter esse vínculo”, diz.


Ainda assim, ela conta que a equipe se surpreendeu com o tamanho da repercussão. “Esperávamos uma resposta positiva do público, mas foi muito melhor do que estimamos. É a prova de que o Governo do Estado segue no caminho certo”, finaliza.


A OBRA - Segundo a OSP, Villa-Lobos, um compositor reconhecido por suas junções do erudito ao popular, não poderia ter sido uma escolha melhor. Tal qual o trenzinho vai em sua música, a sociedade segue em busca de dias melhores e a música é uma inspiração para as pessoas seguirem fortes.


Com uma melodia simples e uma orquestração impactante a música foi escolhida por nos lembrar dos tempos mais simples que tanto a sociedade deseja hoje. Por fim, seguindo a tradição de junção de dois mundos proposta por Villa-Lobos, a artista curitibana Uyara Torrente, vocalista d’A Banda Mais Bonita da Cidade, foi convidada para cantar a consagrada letra de Ferreira Gullar.


Com a suspensão das atividades no Teatro Guaíra, a rotina dos músicos foi profundamente afetada. Acostumados com a prática constante, o vídeo foi uma forma que os músicos encontraram de seguir reunidos ainda que separados fisicamente, mantendo a rotina que leva a unidade e podendo atingir o público onde quer que ele esteja.


OSP - Desde 28 de maio de 1985, a Orquestra Sinfônica do Paraná vem apresentando uma história de talento e dedicação à música. Teve Alceo Bocchino e Osvaldo Colarusso como primeiros maestros titular e assistente, respectivamente. Iniciou seus trabalhos com 61 músicos selecionados através de concurso nacional. Hoje contabiliza mais de 500 apresentações dentro e fora do Estado. Contabiliza mais de 500 apresentações dentro e fora do Estado.


Fonte: Agência de Notícias do Paraná

30 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest