Campanha virtual incentiva a doação de sangue em todo o Brasil

Os estoques de sangue estão cada vez mais baixos com o isolamento social, e alunos da faculdade de medicina FACERES lançam uma campanha virtual com o intuito de incentivar a população, em todos os cantos do Brasil, a contribuírem com os hemocentros.

Com o isolamento social, os estoques de sangue estão cada vez mais baixos e os bancos de sangue de todo o Brasil sofrem com a falta de doadores durante o período da quarentena. Segundo a administração dos hemocentros brasileiros, houve uma redução de 30% a 40% nos estoques do país.


Uma campanha de alerta pelas redes sociais, realizada por alunos da liga Acadêmica de Hematologia, Transfusão e Transplante, do curso de medicina da FACERES, no interior de São Paulo, tem o objetivo de incentivar a população, em todos os cantos do Brasil, a contribuir com os hemocentros. “A ideia é fazer uma campanha de doação de sangue de forma virtual, para estimular as pessoas e contribuir para o sistema de saúde neste momento tão delicado que estamos passando, lembrando-as que podem ir aos hemocentros próximos de sua residência; basta tomar os cuidados necessários”, explica a presidente da liga Brenna Fiorilli Assunção.


Para se ter uma ideia, em São José do Rio Preto, município onde fica a faculdade, as doações espontâneas estão caindo em média 25% (ideal em média 80 doações/dia, sendo que o hemocentro local está recebendo em média 60 doações/dia). Com isso, a doação está abaixo do que é considerado necessário, porque os atendimentos não diminuíram neste período de quarentena. Pessoas com anemias crônicas, acidentes que causam hemorragias, complicações decorrentes da dengue, febre amarela, tratamento de câncer e outras doenças graves, continuam necessitando de reposição de sangue. Ou seja, é imprescindível manter os estoques de sangue abastecidos continuamente.


A campanha para estimular as pessoas a fazerem doação vai até o dia 30 de junho de 2020. O projeto é divulgado através de posts, pelas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter), juntamente com o uso de duas hashtags (#DoeSangueNaQuarentena; #Faceres), para as postagens sobre a campanha de doação de sangue.


Eles contam com a repostagem de influenciadores como Malu Saad que tem mais de cem mil seguidores, Ligia Previato com mais de 14 mil e Ana Tozetto com 12.500.


Às pessoas que forem doar sangue será solicitado que tirem uma foto e marquem as hashtags da ação para propagar ainda mais a campanha.


Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde e alimentado, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente.


Recomenda-se também evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem à doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente.

www.faceres.com.br

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest