banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Cinco pontos turísticos para visitar em Campo Grande - MS

Vale a pena planejar a viagem e conhecer diversos pontos turísticos da capital do Mato Grosso do Sul.

Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul, é, reconhecidamente, uma das capitais com mais "verde" do país. Fartamente arborizada, Campo Grande também ostenta o título de "Cidade Morena", onde ainda é possível encontrar animais silvestres de destaque na fauna nacional.


De relevante importância para a economia regional e nacional, Campo Grande possui cerca de 900 mil habitantes que vivem em uma capital com riquezas culturais, históricas e do meio ambiente. Entre os principais pontos turísticos, estão:


PARQUE DAS NAÇÕES INDÍGENAS


É o ponto turístico mais visitado e conhecido de Campo Grande. O Parque das Nações Indígenas é um dos maiores parques urbanos da atualidade no mundo, pois conta com nada menos do que 119 hectares.


No local é possível encontrar desde pistas de patins e skate, passando por pistas próprias para caminhadas, até lagos artificiais, além de três importantíssimos museus: Museu da História Nacional, Museu do Índio e Museu da Arte Contemporânea.


PARQUE DOS PODERES


Com sua construção consolidada no ano de 1982, o Parque dos Poderes foi, originalmente, concebido para ser o centro administrativo de Mato Grosso do Sul. Envolto à flora e fauna estão prédios que abrigam diversos órgãos públicos, sendo um deles, a torre da TV Educativa e o Palácio Popular da Cultura. É considerado um dos centros de convenção mais qualificados e equipados do Brasil.


MUSEU DAS CULTURAS DOM BOSCO


Também conhecido como Museu Dom Bosco, teve sua inauguração no ano de 1951. Atualmente, possui um acervo riquíssimo e diversificado. Um dos maiores destaques do Museu são as coleções de objetos relacionados à cultura indígena, oriundos de tribos como: Karajás, Bororós, Xavantes e Rio Uapés. Outra coleção importante que o museu detém é sobre a fauna do pantanal, bem como de algumas outras regiões.


MUSEU DA ARTE CONTEMPORÂNEA


Apelidado de "Marco", o Museu da Arte Contemporânea fica dentro do Parque das Nações Indígenas e, para quem gosta de arte, de uma forma geral, é um passeio imperdível. Com mais de quatro mil m², seu prédio foi desenhado por um importante arquiteto chamado Emmanuel de Oliveira. Atualmente guarda obras vindas da Pinacoteca Estadual e, também, por meio de outras doações. O Museu da Arte Contemporânea é um importante consolidador das artes plásticas do estado do Mato Grosso do Sul.


MORADA DOS BAÍS


Ponto histórico importante de Campo Grande, a Morada dos Baís é considerada uma das primeiras obras de alvenaria da cidade, tendo sido construída entre os anos de 1913 e 1918. Carrega o nome porque foi residência da família de Bernardo Franco Baís. Tombada como patrimônio histórico municipal, atualmente, no monumento centenário funciona um Centro Cultural, com programações artísticas e culturais variadas.


PLANEJE SUA VIAGEM


Como não poderia deixar de ser, o Clube Candeias está presente no Mato Grosso do Sul com unidade própria em Bonito, favorecendo o ecoturismo e o turismo de aventura em um verdadeiro paraíso. O Candeias Pousada Guarany, oferece infraestrutura especial com piscinas, estacionamento interno, sala de jogos e muito mais.


Além dessa, o Clube Candeias também possui outra unidade própria em Corumbá, o Candeias Hotel Gold Fish, dotado de uma estrutura espetacular, com lounge compartilhado, piscina e restaurante ao ar livre, proporcionando aos associados experiências únicas.


Saiba tudo sobre o Clube Candeias em https://www.clubecandeias.com/

27 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest