Polícia apreende “supermaconha” em rodovia do Paraná

"Dorpa" é considerada 100 vezes mais forte que a maconha

Durante uma fiscalização na PR-323, em Sertaneja, no Norte do Paraná, a Polícia Rodoviária Estadual apreendeu 23,7 quilos de uma maconha sintética chamada de "dorpa". Conforme a polícia, essa droga é 100 vezes mais forte do que a maconha normal, provoca os mesmos efeitos no usuário, mas é um composto feito em laboratório para enganar autoridades. O entorpecente pode ser misturado a outras ervas. Essa maconha de laboratório, ainda conforme a polícia, é vendida para ser usada em cigarros.


Na fiscalização realizada na madrugada de ontem, a droga estava no porta-malas de um carro. Dois homens que estavam no veículo foram presos e levados à delegacia de Cornélio Procópio. Eles buscaram a droga em Guaíra, no Oeste do Paraná, e tinham a intenção de vender os tabletes em Tatuí, no interior de São Paulo.

Últimas Notícias