Câmara vota contas da gestão de Beto Richa

Os vereadores vão julgar se as contas de 2009 estão corretas



A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) votará, em sessão virtual hoje, a prestação de contas da Prefeitura referentes ao exercício financeiro de 2009, do então prefeito Beto Richa. O tema já constava na pauta da ordem do dia de quarta (22), mas foi adiado devido ao fim do tempo regimental da sessão plenária. Ratificando conclusão do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), o projeto de resolução foi aprovado com ressalvas pela Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da CMC, em dezembro passado, e agora precisa ser submetido ao plenário.


No documento (216/2018), o conselheiro Artagão de Mattos Leão julgou pelo provimento parcial de recurso de revista do ex-prefeito Beto Richa. Ele retirou as multas impostas ao político no acórdão de parecer prévio (28/2016), mas manteve a recomendação de que as contas fossem consideradas regulares com ressalvas, uma vez que houve “recebimento acima do valor devido de remuneração dos agentes políticos [devidamente ressarcidos]” e “movimentação de recursos em instituições financeiras privadas sem a devida autorização legislativa”.

Últimas Notícias