EUA chegam a 50mil mortes pelo Coronavírus

País lidera no número de vítimas fatais pela doença



Os Estados Unidos passaram de 50 mil mortes provocadas por complicações da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, nesta sexta-feira (24). Especialistas repudiaram uma fala do presidente Donald Trump, que sugeria a injeção de desinfetante para o tratamento de pacientes com Covid-19.


Na quinta-feira (23), o país registrou um dos dias com o maior número de mortos em um período de 24 horas: 3.176. Com mais de mais de 50 mil óbitos, os EUA lideram o ranking dos países com maior número de vítimas fatais, seguido por Itália (25.549), Espanha (22.524), França (21.856) e Reino Unido (18.738).


A pandemia do novo coronavírus deixou mais de 190 mil mortos no mundo, dois terços deles na Europa, segundo um balanço da agência France Presse. O continente europeu registrou mais de 116 mil dessas mortes.


O Reino Unido teve 684 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas. Agora, são quase 20 mil óbitos registrados desde o início da pandemia. Os 5.386 novos casos elevaram o total de infectados para 143.464.


Na Holanda, foram mais 806 novos casos confirmados do coronavírus, chegando a 36.535. O país já tem quase 4.300 mortes pela Covid-19.


Alemanha registrou 2.337 novos casos do coronavírus nas últimas 24 horas, passando de 150 mil no total. Também foram mais 227, que agora somam 5.321 desde o início da pandemia. O país inicia um processo gradual de desconfinamento e, ao mesmo tempo, se prepara para uma segunda onda do coronavírus por conta disso.

Últimas Notícias