Nova etapa das obras provoca desvio na Linha Verde

O trânsito será desviado cerca de 300 metros antes do cruzamento da Linha Verde com a Estrada da Ribeira no sentido norte-sul.

Desvio de Trânsito que será implementado na próxima quarta-feira, dia 22 de abril.

A partir de quarta-feira (22/4), às 10h, será implantado um novo desvio no trecho norte da Linha Verde, no Atuba. A alteração no trânsito será necessária para a continuidade da implantação da trincheira e início da construção dos viadutos que irão favorecer o trânsito de chegada em Curitiba de motoristas vindos de Colombo, Campina Grande do Sul, Quatro Barras e do estado de São Paulo.


O trânsito será desviado cerca de 300 metros antes do cruzamento da Linha Verde com a Estrada da Ribeira no sentido norte-sul. Os motoristas terão que entrar à direita na Estrada da Ribeira para, em seguida, realizarem o retorno à esquerda e voltarem para a Linha Verde ou para acessar a Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes e seguir caminho para o Boa Vista e Bacacheri (veja o mapa).


A previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP), que coordena a execução do trabalho na Linha Verde, é de que o desvio permaneça no local durante dez meses. Mesmo prazo aplicado ao desvio implantado em 3 de março, no sentido Pinheirinho-Atuba, logo após o viaduto da Rua Alberico Flores Bueno, que serve de rota para Bairro Alto e Bacacheri.


Obras do Lote 4.1


Onde havia o antigo trevo do Atuba, 926 estacas estão sendo edificadas em concreto e ferragem para sustentar as novas estruturas viárias do Lote 4.1 da Linha Verde. Um conjunto de trincheira e viadutos que eliminará os semáforos e dará mais fluidez ao trânsito de motoristas que se deslocam no eixo norte-sul de Curitiba.


Também estão em andamento outras frentes de trabalho. Está sendo feito o aterro nas imediações do Conjunto Solar – onde serão instaladas estações-tudo do sistema de transporte coletivo, a preparação da base para a nova pista da Rua Rua Maria Petroski, marginal da Linha Verde, e a implantação da galeria celular antes da entrada para a Rua Fagundes Varela.


O Lote 4.1 da Linha Verde tem 2,84 quilômetros e compreende o trecho entre as estações Solar e Atuba. Suas obras foram retomadas em dezembro do ano passado, após a rescisão contratual com a empresa que estava executando os serviços.


Fonte: Prefeitura Municipal de Curitiba

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest