Escolas da rede estadual distribuem kits da merenda

Os kits são destinados a estudantes beneficiários do Bolsa Família, que devem retirar a cesta na escola onde estão matriculados

As escolas estaduais distribuíram nesta quinta-feira (16) a segunda leva de kits com alimentos da merenda escolar. A entrega é feita quinzenalmente, sendo que a primeira foi no fim de março e a próxima terá data divulgada em breve pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte.


Os kits são destinados a estudantes beneficiários do Bolsa Família, que devem retirar a cesta na escola onde estão matriculados. Famílias de aproximadamente 230 mil alunos estão inscritas no programa no Estado. Distribuição foi regulamentada pelo Decreto 4.316/2020, do Governo do Paraná para garantir que os estudantes tenham acesso facilitado aos alimentos durante o período de suspensão de aulas presenciais.


A diretora do Colégio Estadual Professor Guido Arzua, localizado no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, Vanda Aparecida Torá, disse que essa segunda entrega mobilizou ainda mais a comunidade escolar. “Para muitos alunos da nossa comunidade, as refeições mais reforçadas são feitas aqui na escola. Essa definição [da entrega dos kits] do Governo do Estado está atendendo muitas famílias. Nós, da direção, conhecemos bastante a comunidade e sabemos que há muitos pais desempregados e precisando de ajuda”, afirmou.


Eunice Vital tem três filhos matriculados na escola. Para ela, os kits ajudam a manter a qualidade da alimentação dos filhos durante a quarentena. “Nesse período de incertezas, em que estamos sem trabalho e preocupados com nosso futuro, o kit de merenda nos ajuda a, pelo menos, saber que a alimentação das crianças continua balanceada”.


TRABALHO EM CONJUNTO - O diretor-geral da Secretaria da Educação, Gláucio Dias, acompanhou a entrega na instituição de ensino do Sítio Cercado e conversou com professores, voluntários e familiares. Para ele, o momento é de união e de demonstração de força de vontade e de solidariedade entre os paranaenses.


“Estou feliz e orgulhoso por ver tantos voluntários ajudando nessa corrente do bem. Parabenizo também o Governo do Estado pela decisão. Trata-se de uma ação muito importante neste momento de quarentena”, afirma.


No mesmo sentido, a agente educacional Marli Alves de Souza diz que a entrega dos kits veio para somar na realidade das famílias dos estudantes da rede estadual do Paraná. “Esse decreto foi maravilhoso, pois é voltado justamente para aqueles que mais precisam”.


AULAS À DISTÂNCIA - Devido à crise do coronavírus, as aulas presenciais estão suspensas desde o dia 20 de março. Para evitar que os cerca de 1 milhão de alunos das escolas tenham seu ano letivo prejudicado, a Secretaria está implantando aulas na modalidade EaD.


Desde o dia 6, os estudantes podem acompanhar aulas em canais vinculados à RIC, afiliada da rede Record no Paraná, e no YouTube. Nos próximos dias, a secretaria também deve liberar a funcionalidade no aplicativo Aula Paraná, onde os estudantes poderão conversar com colegas e professores em uma espécie de “sala de aula virtual”. O dispositivo está em fase de finalização e não vai consumir dados dos estudantes.


As escolas só serão reabertas para os estudantes quando a situação for considerada segura pelas autoridades sanitárias.


Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná.

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest