Rede suspende mutirão e vai remanejar atendimentos para evitar aglomeração

Cirurgias previstas serão feitas ao longo de dois meses na clínica veterinária do prestador de serviço. Protetores e ONGs irão ajudar com mobilização, agendamentos e transporte dos animais

Crédito: Rafael Silva

Em razão das medidas de distanciamento social em vigor na cidade para combater a pandemia do novo coronavírus, a Rede de Proteção Animal suspendeu o mutirão de castração que aconteceria de 4 a 15 de maio na Regional Cajuru.


As 500 vagas para cirurgias de cães e gatos serão remanejadas para atendimento em clínica veterinária fixa, do mesmo prestador de serviço, no período de dois meses. Os agendamentos começam nesta quarta-feira (15/4), pelo site da Rede de Proteção Animal, e serão concentrados em protetores e ONGs, convocados para ajudar na mobilização e encaminhamento dos animais.


“A ideia é que protetores e ONGs nos ajudem a inscrever e deem apoio no transporte dos animais de moradores da Regional Cajuru”, explica o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo. Desde a reformulação do site, protetores têm direito ao agendamento de castração para terceiros direto na plataforma.


O espaçamento dos atendimentos e o auxílio dos protetores e ONGs visa evitar aglomerações de pessoas. “Nossos esforços agora são para manter a segurança de todos”, reforça Evaristo.


Outras regionais Há atendimentos previstos em clínicas nas próximas semanas nas regionais Boqueirão, Bairro Novo, Tatuquara, Pinheirinho, Boa Vista, Portão, Santa Felicidade e CIC. No site da Rede de Proteção, em cada um dos eventos, há uma lista dos bairros contemplados.


Todos os prestadores de serviço foram orientados a organizar o fluxo de atendimentos para evitar aglomerações, intensificar a higienização dos espaços e superfícies e disponibilizar álcool em gel para os tutores.


Pinheirinho em junho O mutirão de castração de cães e gatos que aconteceria na Regional Pinheirinho de 13 a 18 de abril foi adiado e deve acontecer em junho, conforme divulgado no final do mês passado pela Rede de Proteção Animal.


A mudança deve-se a questões logísticas, já que a clínica responsável pelo trabalho no castramóvel é do Estado de São Paulo, que enfrenta sérias restrições em razão do novo coronavírus.


Nenhum agendamento já feito no site será perdido. Novos agendamentos estão suspensos e, assim que reabertos, a população será informada. Restam pouco menos de 500 vagas.


Cuidados A Rede de Proteção Animal reforça a atenção aos cuidados que os tutores devem tomar em relação ao coronavírus: - O tutor vai sozinho com seus animais ou com, no máximo, um acompanhante, e apenas com a antecedência recomendada no agendamento. - Evite aglomerações e mantenha as medidas de higiene, como a lavagem das mãos e o uso do álcool em gel, além de usar lenços descartáveis ao tossir e espirrar; - Use máscaras de tecido ao sair de casa; - Se apresentar sintomas de infecção respiratória, peça para outra pessoa levar o animal ou cancele o atendimento.


Fonte: Prefeitura de Curitiba.

Últimas Notícias