Maiores cidades do Paraná apresentam queda de homicídios dolosos

Redução foi, em média, de 20,4% em 2020 no comparativo com 2018. Maior queda ocorreu em Cascavel. No geral, Paraná apresentou 9% menos mortes, menor índice dos últimos 13 anos


Crédito: SESP

Oito das dez cidades mais populosas do Paraná acompanharam o desempenho estadual e tiveram redução na taxa de homicídios dolosos no ano passado. A queda foi em média de 20,4% no comparativo com 2018, mais que o dobro da média paranaense (9%). São elas Curitiba, Cascavel, Ponta Grossa, Colombo, Maringá, Foz do Iguaçu, São José dos Pinhais e Paranaguá.


A maior redução ocorreu em Cascavel. A cidade da Região Oeste fechou 2019 com 35 mortes, 18 a menos do que no ano anterior (34%). Os números são do Relatório Estatístico Criminal divulgado anualmente pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.


Londrina, no Norte, foi o único entre os dez municípios com acréscimo no índice de violência. Passou de 47 para 60 homicídios dolosos (28%). Já Guarapuava se manteve estável, com 26 mortes nos dois anos. Somadas, as cidades responderam por 670 de um total de 1.780 casos no Paraná em 2019.


“O desempenho é fruto da unificação das polícias Civil e Militar. Hoje elas trabalham com planejamento estratégico conjunto”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Os números falam por si, mas mais do que a parte ostensiva, existe por trás equipes trabalhando indicadores, estatísticas. Essa unificação de trabalho é o grande legado para o Paraná”, completou.


INTELIGÊNCIA – Secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares atribui a queda a diversas atividades desenvolvidas pelo Governo do Estado. “O ano de 2019 foi o primeiro comandando a Segurança Pública e conseguimos alcançar uma boa redução nos índices de homicídios dolosos. Esperamos manter o controle da criminalidade por meio de ações baseadas na estratégia e na inteligência”, disse.


O secretário destacou, ainda, o trabalho do Estado na recomposição dos quadros funcionais com a abertura de novos concursos e também na modernização dos equipamentos disponíveis, com a aquisição de armas, coletes e viaturas, entre outros itens.


“Reforça o planejamento de longo prazo por parte da área policial. Percebemos o cenário da necessidade de novas ferramentas no ano passado e fomos melhorando a estrutura disponível”, ressaltou Soares.


EM QUEDA – De acordo com o Secretaria de Estado da Segurança Pública, o Paraná registrou em 2019 o menor número de homicídios dolosos dos últimos 13 anos. Foram 175 mortes a menos de janeiro a dezembro do ano passado, totalizando 1.780 homicídios. O mesmo período do ano passado apresentou 1.955 casos – uma redução de 9%.


Dos 399 municípios paranaenses, 143 (35,8%) não registraram nenhum homicídio em 2019, e 195 (48,8%) tiveram menos de cinco mortes no ano. “O número é extremamente positivo, significa que temos uma polícia presente, que tem planejamento e emprego inteligente dos seus recursos, tanto humano quanto material”, disse o comandante-geral da Polícia Militar (PM), Péricles de Matos.


Para o delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, a estratégia de relacionar informações sobre o tráfico de drogas e a atuação de organizações criminosas também é parte importante na solução de homicídios.


“Isso resulta em inquéritos policiais muito bem fundamentados, com criminosos presos e condenados, ficando fora das ruas por mais tempo”, explicou Rockembach.


IBGE – Somadas as cidades paranaenses mais populosas têm 4.768.732 habitantes de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ou cerca de 42% da população total do Estado (11.348.937).


RANKING – Entre as mais populosas, Cascavel foi quem teve a redução mais significativa de homicídios dolosos (-34%), seguida por Colombo (-23%), Maringá (-22,5%), Foz (-20,4%), Ponta Grossa (-18,6%), Curitiba (-16,3%), São José dos Pinhais (-14,4%) e Paranaguá (-13,8%). Os números são da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná.

26 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest