Edital seleciona soluções para ajudar empreendedor em dificuldade

Produtos, tecnologias e serviços poderão ser doados ou emprestados gratuitamente a MEIs e pequenos negócios

A Prefeitura de Curitiba e a Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação lançaram, na quinta-feira (2/4), um edital de chamamento público para doação ou empréstimo gratuito de tecnologias, produtos e serviços de apoio aos microempreendedores individuais (MEIs), pequenos empreendedores, autônomos e cidadãos em geral que estão enfrentando dificuldades econômicas por conta da pandemia da covid-19.

.

De acordo com a presidente da Agência Curitiba, Cris Alessi, o cenário adverso criado pelo novo coronavírus obriga profissionais e pequenos negócios a mudar radicalmente a forma de atuação e, de forma abrupta, a fazer a transição de seus modelos de negócios do analógico para o digital.


“Como não há tempo ou recursos para esses empreendedores se reinventarem ou modernizarem, precisamos da ajuda e mobilização de todo o ecossistema de inovação do Vale do Pinhão”, salienta Cris.


O chamamento público ficará aberto até 31 de julho e a Comissão Permanente de Licitação da Agência Curitiba já está fazendo a seleção das tecnologias, produtos e serviços. Os interessados poderão tirar dúvidas pelo telefone (41) 3213-7590 ou fazer o download do edital no site www.agenciacuritiba.com.br. As propostas em arquivo PDF deverão ser enviadas pra o email licitacoesagencia@agenciacuritiba.com.br.


Poderão participar da mobilização apenas empreendedores e startups que comprovem terem criado o produto, serviço ou solução (registro, autorizações e demais documentos pertinentes). Também é preciso comprovar regularidade fiscal, trabalhista e perante o FGTS, bem como não ter sofrido penalidades de suspensão ou de declaração de idoneidade pela Administração Pública.


Como benefício, as empresas selecionadas terão suas soluções e produtos divulgados através dos canais e mídias da Agência Curitiba.

Bons exemplos A presidente da Agência Curitiba cita bons exemplos já dados por startups que integram o Vale do Pinhão e que doaram soluções e serviços para ajudar a cidade e os empreendedores a reduzirem os impactos negativos da chegada do novo coronavírus.


“Curitiba é a primeira capital a oferecer a videoconsulta para a população, graças a uma parceria com a startup Doctoralia, que doou a plataforma. Já a Olist criou uma vitrine virtual para que artesãos e empreendedores de Curitiba possam comercializar seus produtos on-line”, exemplificou Cris.


Fonte: Prefeitura de Curitiba.

Publicidade

Últimas Notícias

8 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale